GoiásManchetePolítica

Lissauer aponta chapa majoritária definida com Caiado, Daniel e Meirelles

O presidente da Assembleia Legislativa, Lissauer Vieira (ainda no PSB), rompeu o silêncio das últimas três semanas e falou sobre o cenário político de Goiás em entrevista a Sagres Comunicação. O deputado ficou, assim como outros aliados caiadistas, incomodado com a condução do governador para a chegada do MDB ao grupo, com a antecipada definição de que Daniel Vilela será candidato a vice-governador em 2022. Agora, a avaliação é de que o tempo poderá curar as feridas abertas.

Questionado sobre a composição antecipada da chapa majoritária e a disputa interna entre governistas pela vaga ao Senado, Lissauer aponta que as conversas de bastidores indicam definição para os três postos: “A chapa majoritária da base, pelo que nós temos visto e ouvido, já está formatada, próxima de ser concluída com o PSD, através do Henrique Meirelles, ocupando a vaga de Senado e o MDB, através do Daniel Vilela, na vaga de vice. Na cabeça de chapa, o governador Ronaldo Caiado buscando a sua reeleição”, avalia o presidente da Alego.

Lissauer aponta que as conversas entre Meirelles e Caiado avançaram rapidamente e a vaga parece estar reservada. A depender, claro, da efetiva viabilização do ex-ministro da Fazenda, ex-presidente do Banco Central (BC) e atual secretário da Fazenda do estado de São Paulo. Meirelles chegou à Goiânia na última sexta-feira (08) e passa aqui o feriado prolongado com agenda de conversas com políticos e empresários em hotel da Capital. A entrevista de Lissauer foi concedida à jornalista Cileide Alves e a este colunista e está no ar nesta segunda-feira (11), no programa Sinal Aberto.

(Foto: Divulgação)

Com Agência de Notícias/Rubens Salomão/Sagres/

Related Articles

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *