Cidades

Justiça manda prefeito de Pirenópolis retirar barreiras que isolavam a cidade

Acatando pedido do Ministério Público, a Justiça determinou à prefeitura de Pirenópolis a retirada imediata das barreiras de isolamento da cidade. A Promotoria de Pirenópolis argumentou que as barreiras implantadas pelo prefeito João do Léo (DEM) atentam contra o direito constitucional de ir e vir. A prefeitura anunciou que vai recorrer da decisão.

MOTIVO DO FECHAMENTO

De acordo com o prefeito João Cabral no mês de Março, o avanço do Coronavírus  em municípios como Anápolis, Goiânia e Brasília, de onde vêm os principais visitantes de Pirenópolis, preocupava a prefeitura.

“A prefeitura tomou tal medida, em preocupação absoluta com a saúde dos pirenopolinos, pois a pandemia por onde tem passado vem deixando muitos doentes”, informou um comunicado da administração local.

Só entrarão em Pirenópolis moradores portando documentos como talão de água, energia, registro do imóvel ou carnê do IPTU, como consta no decreto publicado”, disse há época, em informe nas redes sociais.

Related Articles