AnápolisÚltimas Notícias

Motorista de ônibus atacado com fogo em Anápolis tem quadro clínico grave, diz HEANA

O motorista de ônibus que sofreu atentado no Terminal Urbano de Anápolis, está com  quadro clínico grave. A informação é do Hospital Estadual de Urgências de Anápolis (Heana). O funcionário da empresa Urban sofreu tentativa de homicídio dentro do ônibus do transporte coletivo que dirigia, nesta quarta-feira (1º).

Walison Barbosa dos Santos, sofreu queimaduras de 2º e 3º grau. Segundo a equipe médica, ele ficou com aproximadamente 80% do corpo queimado.

O caso aconteceu depois que Rosemeire Araújo de Lima, 37 anos, jogou um líquido sobre o motorista e ateou fogo na sequência. Inicialmente o homem foi socorrido por populares, que utilizaram extintores de incêndio para apagar as chamas.

Vídeo feito pelo circuito interno de segurança do terminal registrou o momento em que as chamas tiveram início na cabine do motorista.

.Prisão 

De acordo com testemunhas, após uma discussão entre o motorista e a passageira, a mulher foi até uma farmácia, comprou álcool e jogou em cima do motorista e ateou fogo. Ainda de acordo com as testemunhas, após ser incendiado o motorista tentou retirar as roupas que estavam em chamas.

A autora foi presa por policiais da Companhia de Policiamento Especializado (CPE). Na Central de Flagrantes ela foi autuada por tentativa de homicídio.

A real motivação do crime será apurada pela Polícia Civil. A suspeita é de que a mulher sofra de problemas mentais.

Com Agência de Notícias/ Mais Goiás/Jonathan Cavalcante/

Related Articles