JustiçaMancheteÚltimas Notícias

João de Deus é condenado a mais de 44 anos de prisão por estupro

O médium João Teixeira de Faria, conhecido como João de Deus, foi condenado a 44 anos e 6 meses de reclusão, em regime inicialmente fechado. A ação é pela prática de dois estupros contra mulheres e também dois estupros de vulnerável durante atendimentos espirituais em Abadiânia. A informação da sentença foi publicada nesta quinta-feira (25/11) pelo Tribunal de Justiça de Goiás.

A denúncia pedia a condenação de João de Deus pelos crimes contra cinco mulheres. Porém, em um dos casos, o réu não foi considerado culpado por falta de provas. Ele segue em prisão domiciliar e poderá recorrer da sentença no prazo legal.

Segundo a sentença, os crimes sexuais foram registrados entre os anos de 2009 e 2018. Além da prisão, a justiça determinou o pagamento de indenizações às vítimas que variam de R$ 20 mil  a R$ 75 mil.

Related Articles

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *