Coronavírus

PRF apreende hidroxicloroquina de contrabando em Uruaçu

Os quatro detidos disseram que a carga saiu Mato Grosso do Sul e seriam levados ao Maranhão

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu, nesta quarta-feira (27), 3,6 mil comprimidos de Hidroxicloroquina contrabandeados do Paraguai, na BR-153, em Uruaçu, no Norte do Estado. De acordo com a corporação, o medicamento seria levado para Imperatriz (MA).

Quatro pessoas estavam em uma caminhonete e foram parados por agentes da PRF. Os homens, de idades entre 29 e 58 anos, alegaram que saíram de São Paulo após trabalharem na produção de um show sertanejo transmitido por meio de live e retornavam para a casa.

Durante revista nas bagagens, os policiais, encontraram, dentro de uma das caixas de som, 120 caixas do medicamento com 30 comprimidos casa. O remédio é produzido no Paraguai e, portanto, proibido no Brasil.

Os homens alegaram que trabalham com tecnologia. Inicialmente, alegaram que os comprimentos foram pegos em São Paulo, mas depois afirmaram que a carga veio de Campo Grande (MS). Por causa disso, a corporação acredita que o medicamento entrou no país pela fronteira entre o estado e o Paraguai.

Ainda segundo a PRF, o grupo disse que o medicamento seria entregue em um hospital de campanha em São Luis (MA). A Vigilância Sanitária de Uruaçu foi acionada e a ocorrência será encaminhada para a PC da cidade. Os homens podem responder por crime contra a saúde pública.

 

Related Articles