Últimas Notícias

João de Deus é denunciado outra vez por crimes sexuais

A nova denúncia feita pelo MPGO, corresponde a 15 casos, porém apenas cinco deles poderão ir a julgamento, já que os outros 10 prescreveram.

O médium João de Deus foi novamente denunciado por crimes sexuais, na manhã desta terça-feira (29/10), em denúncia apresentada pelo Ministério Público de Goiás (MPGO), em Goiânia. Preso desde 16 dezembro de 2018, João Teixeira de Faria, de 78 anos, está sendo denunciado pela décima vez e nega ter cometido os abusos.

A nova denúncia feita pelo MPGO, corresponde a 15 casos, porém apenas cinco deles poderão ir a julgamento, já que os outros 10 prescreveram. Durante coletiva de imprensa na sede do Ministério Público, o promotor Luciano Miranda, explicou o levantamento de dados feitos pelo MP sobre o caso de João de Deus.

“Fizemos um levantamento e até o momento já foram oferecidas 10 denúncias envolvendo abusos sexuais. Dentre elas, 53 vítimas são de fatos que não prescreveram e 80 já prescritos. Ou seja, até o momento 133 vítimas já tiveram seus relatos apresentados ao Judiciário”, conta o promotor.

Ainda de acordo com Luciano Miranda, o Ministério Público categorizou os crimes cometidos por João de Deus como estupro de vulnerável, já que as vítimas estão com a saúde mental e física comprometidas. “Eram vítimas que estavam frágeis, acometidas de doenças, como câncer, por exemplo”, comentou Miranda.

Os crimes que motivaram a nova denúncia ocorreram entre 2015 e 2016, e irão a julgamento, mas a prescrição caiu pela metade, 10 anos, devido à idade de João de Deus. “A partir dos 70 anos de idade, o prazo prescricional cai pela metade. Esse crime prescreveria em 20 anos, no caso dele prescreve em 10. Ou seja, só entram os casos de 2010 pra cá”, explicou o promotor do MP

As vítimas envolvidas na nova denúncia ainda serão ouvidas pelo Judiciário. O MP contabilizou que o número total de vítimas do médium João de Deus supera 330. Desse número, 133 pessoas já possuem depoimentos no Judiciário. Outras 80, constam como testemunhas ou informantes.

João de Deus deu entrada em hospital há quase um mês em Aparecida

João de Deus deu entrada na emergência do Hospital de Aparecida de Goiânia no dia 27 de setembro, apresentando estado grave de saúde, segundo o advogado do médium Anderson Van Gualberto de Mendonça. No pronto atendimento, João realizou exames iniciais de eletrocardiograma.

Segundo o hospital, também foi realizado outros exames complementares em João de Deus, que já vinha com a saúde debilitada. No final de agosto, dia 26, ele também já havia saído da prisão para fazer exames  no Hospital São Silvestre, em Aparecida de Goiânia.

 

Com Agência de Notícias/DM

Related Articles

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *