Brasileirão Série B

Atlético-GO abre 2 a 0, mas América-MG empata no fim em duelo pelo G4

O Atlético-GO tropeçou na briga pelo acesso à elite do futebol nacional nesta sexta-feira. Recebendo o América-MG no estádio Antônio Accioly, em Goiânia, pela 31ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro, o Dragão até começou bem, abrindo 2 a 0, mas acabou sofrendo o amargo empate por 2 a 2 nos minutos finais. Os gols rubro-negros foram marcados por Aylon e Pedro Raul. Geovane e Matheusinho balançaram as redes para o Coelho.

Com o resultado, o Atlético-GO foi a 50 pontos e viu a distância de quatro tentos para o vice-líder Sport aumentar para seis. O Coritiba, que vem logo atrás, poderá ultrapassar o Dragão na próxima terça-feira, dia do confronto com o Cuiabá que havia sido adiado por conta do mau estado do gramado da Arena Cuiabá no período em que foi realizada a 24ª rodada.

O América-MG, por sua vez, perdeu uma grande oportunidade de entrar no G4 da Série B do Brasileirão. Precisando a vitória no confronto direto para se aproximar do objetivo de figurar na Primeira Divisão em 2020, o Coelho agora terá de recuperar o prejuízo nas sete rodadas restantes, mas, ao menos, evitou o pior em Goiânia.

O jogo – Jogando em casa, o Atlético-GO não precisou de muito tempo para se impor diante do adversário. Logo aos 20 minutos, Aylon aproveitou o cruzamento de Jonathan para cabecear certeiro para o fundo das redes, abrindo o placar para os anfitriões no Antônio Accioly.

Empolgado com a vantagem, o Atlético-GO não relaxou e tratou de ampliar dez minutos depois com Pedro Raul. O atacante do Dragão aproveitou o vacilo do América-MG, que concedeu o contra-ataque, completando o cruzamento de Moacir, sem chances para o goleiro Airton.

Antes de as equipes irem para o intervalo, o América-MG esteve muito próximo de descontar e voltar para a etapa complementar mais motivado, porém, a sorte não estava do lado dos visitantes. Aos 46 minutos, Júnior Viçosa recebeu na área e deu passe açucarado para Juninho, que chegou finalizando, mas viu a bola explodir na cabeça do zagueiro Lucas Rocha praticamente em cima da linha.

Segundo tempo

Quando todo mundo esperava que o América-MG iria voltar para o segundo tempo mais agressivo pela necessidade de buscar o resultado, foi o Atlético-GO quem continuou levando perigo. Logo aos três minutos, Jorginho fez ultrapassagem pela direita e cruzou rasteiro para Aylon, que foi travado na hora “h” por Leandro Silva, dentro da área.

Aos 15 minutos, outra boa oportunidade para os donos da casa. Nicolas recebeu na esquerda e mandou na medida para Roberto Rodrigues, que chegou cabeceando certeiro, mas Airton fez excelente defesa para evitar o que seria o terceiro gol do Atlético-Go.

Como diz o ditado, quem não faz, toma, e o Dragão acabou castigado aos 27 minutos, quando os visitantes aproveitaram o vacilo da zaga adversária na saída de bola, Geovane recebeu na entrada da área e bateu colocado, contando ainda com o desvio na trave e nas costas do goleiro antes de a bola morrer no fundo das redes.

Como se não bastasse, a desgraça do Atlético-GO ficou completa aos 45 minutos do segundo tempo, quando Matheusinho aproveitou o rebote do chute de Rafael Bilu para completar de carrinho e assegurar o empate com sabor de vitória do América-MG em Goiânia.

FICHA TÉCNICA

ATLÉTICO-GO 2 X 2 AMÉRICA-MG

Local: estádio Antônio Accioly, em Goiânia (GO)

Data: 25 de setembro de 2019, sexta-feira

Horário: 19h15 (de Brasília)

Árbitro: Vinícius Furlan (SP)

Assistentes: Daniel Paulo Ziolli (SP) e Luiz Alberto Andrini Nogueira (SP)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *