AnápolisManchete

Radares e lombadas em Anápolis começam com multa a partir de 4 de fevereiro

Todos os equipamentos de fiscalização eletrônica- radares e lombadas- já instalados e auferidos pelo órgão regulador,(Inmetro) já estarão multando os veículos que forem flagrados com velocidade acima dos limites de velocidade permitidos,ou por avanço de semáforos e faixas de pedestres. a partir do dia 04 de fevereiro próximo,

A Companhia Municipal de Trânsito e Transporte (CMTT) deu início nesta quinta-feira (21) a uma ampla campanha educativa, com o objetivo de orientar os motoristas sobre a fiscalização e sobre o início da multa aos eventuais infratores.

Segundo o diretor de Trânsito da CMTT, Igor Lino Siqueira, as equipes do órgão já estão nas ruas fazendo esse trabalho de orientação, pelo qual é distribuído um folder informativo. Neste material, inclusive- disse- há um QR Code para que a pessoa possa, com o uso de dispositivo móvel, ter acesso a um mapa com os pontos de monitoramento pela cidade.

O contrato firmado entre a Prefeitura de Anápolis, via CMTT, e a empresa Velsis, prevê 370 faixas de fiscalização com os equipamentos eletrônicos. Neste primeiro momento, de acordo com Igor Siqueira, serão 90 faixas monitoradas.

O diretor da CMTT explica que um equipamento pode monitorar mais de uma faixa de rolamento na via. Por exemplo, na Avenida Brasil, em determinado ponto um equipamento monitora três faixas num sentido e três no sentido contrário. Neste caso, dois equipamentos abrangem seis faixas.

Os dispositivos que começam a multar já estão todos devidamente regularizados, inclusive, seguindo as novas orientações normativas do Conselho Nacional de Trânsito (Contran), sobretudo, no que diz respeito à questão da sinalização dos trechos monitorados.

Ao longo da Avenida Brasil (Norte e Sul), a velocidade foi uniformizada. O condutor deve ficar atendo, portanto, ao limite da via, em 60 km por hora. Em outros pontos, radares e lombadas podem ter situações diferentes em relação ao limite de velocidade permitida. Portanto, a recomendação é ficar de olho na sinalização.

Com Agência de Notícias/Claudius Brito/Contexto/Edição-Goiás Em Tempo/

Related Articles

Pular para a barra de ferramentas