CidadesCoronavírusManchete

Granja em Goiatuba produzirá ovos para fabricação de vacinas contra covid-19

Uma granja no município de Goiatuba irá produzir ovos de galinha embrionados para a fabricação da vacina contra a Covid-19 anunciada na semana passada pelo Instituto Butantan. A empresa em questão, Globoaves, já produz esse tipo de material exclusivamente para fins científicos desde 2007.

Os ovos serão usados para o “cultivo” de cepas do coronavírus. A partir desta produção os cientistas fazem as doses de vacina, com fragmentos do vírus inativado.

No caso da vacina contra a Covid-19, a estimativa é produzir duas doses por ovo. Para vacinas contra a gripe são três. A fábrica de Goiatuba possui 400 mil aves.

A vacina desenvolvida pelo Butantan em território nacional, com parte de tecnologia importada dos Estados Unidos, foi anunciada na semana passada e ainda está em fase de testes pré-clínicos.

Como funciona

De acordo com informações da empresa, máquinas classificam os ovos por tamanho e peso. Depois, todo processo de incubação é realizado em equipamento de última geração, monitorado por sistemas e operadores treinados, garantindo o correto crescimento do embrião até o momento de sua transferência para o Instituto Butantan.

Related Articles

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *