AnápolisCoronavírus

Em contraste com a pandemia ,Parque Ipiranga fica lotado no último domingo em Anápolis

Uma cena de assustar corre nas redes sociais, com a aglomeração de pessoas no Parque Ipiranga, ocorrida na noite deste domingo, 13/12. A imagem confronta com a situação de pandemia do coronavírus que o Brasil e o mundo ainda enfrentam. Boa parte das pessoas no parque aguardava para um passeio numa carreta que está percorrendo a cidade enfeitada com muitas luzes e música em alto volume.

Apesar de a situação estar melhor, no Município, em relação ao número de casos e de óbitos, a pandemia não passou e o vírus continua circulando. E, como já está ocorrendo em outras cidades e estados brasileiros, bem como em outras cidades ao redor do mundo, está acontecendo um novo surto, com o aumento de infectados e de óbitos.

Conforme os dados do Boletim Epidemiológico da Secretaria Municipal de Saúde (Semusa), o risco de contaminação do coronavírus, em Anápolis, é “alto”. Por outro lado, é “baixo” o risco de colapso no sistema público de saúde local.

O total de casos confirmados é de 17.237, sendo que o número de curados é de 16.373. Já foram contabilizados 379 óbitos. 449 pessoas estão em isolamento, com suspeita de contaminação e 36 estão internadas com diagnóstico confirmado.

Do total de casos confirmados (17.237), 9.377 são mulheres e 7.860 homens. Do total de óbitos (379), 176 são mulheres e 203 homens.

Leitos

Em relação à disponibilidade de leitos, o boletim da Semusa informa que há 80 eleitos de enfermaria, sendo que 10 estão ocupados com pacientes com quadro de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG). São 50 leitos de UTI disponíveis. 06 estão ocupados com pacientes com quadro de SRAG.

Na macrorregião de Anápolis, são 20 leitos de enfermaria, sendo que 02 estão ocupados por pacientes com SRAG. São 33 leitos de UTI, dos quais 10 estão ocupados por pacientes com SRAG.

Do total de casos confirmados, a maioria, 4.192 pessoas, são da faixa etária de 30 a 39 anos. A média para os casos confirmados é de 40 anos de idade. Em relação aos óbitos, a maioria- 102- está na faixa etária acima de 80 anos. A média dos óbitos é de 69 anos de idade.

Com Agência de Notícias/Cláudius Brito/Edição-Goiás Em Tempo/

 

Related Articles

Pular para a barra de ferramentas