AnápolisJustiça

Aos 94 anos, Henrique Fanstone tem prisão domiciliar decretada pela justiça

Médico e ex-presidente do Hospital Evangélico Goiâno em Anápolis, Henrique Fanstone foi preso por descumprir pagamento de pensão alimentícia à ex-esposa.

A juíza Mariana Azevedo Lima Siloto, da 1ª Vara de Família e Sucessões da Comarca de Anápolis expediu nesta sexta-feira, (18/12), mandado de prisão contra o médico Henrique Fanstone, de 94 anos, por descumprir sentença de obrigação de prestar alimentos à sua ex-esposa, Jaziva Giornani Fanstone, de 69 anos. O mandado foi cumprido no mesmo dia.

Henrique é filho do fundador do Hospital Evangélico Goiano, James Fanstone, de quem herdou o complexo hospitalar com a morte do pai em 1985. Henrique se casou quatro vezes e teve sete filhos dos três primeiros casamentos.

Henrique e Jaziva Fanstone foram casados por 10 anos e tiveram uma filha. O casal se separou em 1999; Jaziva conta que o pagamento de sua pensão vinha sendo feito regularmente até o final de 2017, sendo interrompido depois desta data, o que causou várias ações da ex-esposa contra Fanstone.

Jaziva alega que não recebe a pensão há quatro meses o que está trazendo grandes transtornos. A ex-esposa fez um desabafo em seu perfil numa rede social onde expôs as dificuldades que tem passado por não receber a pensão.

Com Gmais Brasil/Agência

Related Articles