AnápolisEsporteManchete

Anápolis Vôlei entra na vaga do Juiz de Fora e está na Superliga 2021/2022

Time goiano será confirmado e entrará na vaga deixada por Juiz de Fora

O Juiz de Fora vai disputar novamente a Superliga B. As informações foram confirmadas pelo diretor técnico, Maurício Bara, na tarde da última sexta-feira,17.

Nos últimos dias, a dificuldade para captação de patrocinadores para viabilizar a montagem da equipe foi externada pelo dirigente. A cúpula do time mineiro esperou até quinta-feira, dia 15 de julho, prazo limite para inscrição, mas não enviou a documentação à Confederação Brasileiro de Vôlei

Maurício Bara explicou que o JF Vôlei tinha recursos para pagar taxas federativas e a comissão técnica. No entanto, a montagem do elenco ficou inviável.

Segundo o dirigente, a desistência é um preço que o JF Võlei vai precisar pagar para que o projeto mantenha a saúde financeira.

— É uma notícia que a gente não queria dar. Estávamos com a documentação pronta, mas tomamos a decisão de não jogar a Superliga A. É uma decisão que deveríamos ter tomado até em outras vezes e não tomamos. A gente declinou da vaga na Superliga A — disse.

O Juiz de Fora foi o grande campeão da décima edição da Superliga B masculina de vôlei. Na final venceu o Brasília/Upis por 3 sets a 2 (25/14, 25/21, 18/25, 23/25 e 15/13), no ginásio do Riacho, em Contagem (MG), e chegou ao título de forma invicta – foram 12 vitórias em 12 jogos.

De acordo com Maurício Bara, os trabalhos já estão em andamento. Cerca de 25 atletas da base já treinam visando o Campeonato Mineiro nas categorias sub-17 e sub-19, com possibilidade de ajudarem no profissional.

A equipe principal deve disputar o Estadual a partir de setembro, provavelmente sob o comando de Marcos Henrique. A diretoria quer a continuidade do trabalho.

 

Anápolis Vôlei

O Anápolis Vôlei entrará na vaga deixada por Juiz de Fora. A CBV, Confederação Brasileira de Vôlei, espera a confirmação até o dia 3 de agosto.

Anápolis, terceiro colocado na Superliga B, entregou o famigerado fair play financeiro referente a temporada 2020/21. Informações apontam que existem pendências com alguns jogadores e fornecedores em relação ao ano anterior. Os débitos entretanto não inviabilizariam a participação de Anápolis na competição.

Pelo regulamento, são consultados para a vaga na ordem, terceiro e quarto colocados na última Superliga B (Anápolis e Aeroclube-RN) e depois os rebaixados na Superliga A (Caramuru e Ribeirão Preto)

Com Agência de Notícias/ Web Vôlei/

Maurício Bara e Heglison Toledo explicaram sobre o porquê da desistência e falaram sobre o futuro do projeto — Foto: Bruno Ribeiro

Maurício Bara e Heglison Toledo explicaram sobre o porquê da desistência e falaram sobre o futuro do projeto — Foto: Bruno Ribeiro

 

 

Related Articles

1 thought on “Anápolis Vôlei entra na vaga do Juiz de Fora e está na Superliga 2021/2022”