BrasilManchetePresidência da República

Bolsonaro diz que Brasil é criticado de forma injusta

O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta 3ª feira (11.ago.2020), durante conferência sobre a proteção da Amazônia, que o Brasil é criticado de “forma injusta por parte de muitos países do mundo”.

“Nós bem sabemos da importância desta região para todos nós, bem como os interesses de muitos países nessa região. E também sabemos o quanto nós somos criticados de forma injusta por parte de muitos países do mundo. Nós, com perseverança, com determinação e com verdade, devemos resistir. Essa região é muito rica. É praticamente o que sobrou do mundo no tocante à questão ambiental”, declarou.

A reunião ocorreu por meio de videoconferência. Contou com a participação do presidente da Colômbia, Ivan Duque; do Peru, Martín Vizcarra; da Bolívia, Jeanine Añez Chávez; do Equador, Lenín Moreno; e de George Talbot, embaixador da Guiana Francesa no Brasil.

No debate, Bolsonaro ressaltou que o país vem intensificando o combate aos focos de incêndios florestais, por meio da operação Verde Brasil. Mas, segundo ele, mesmo assim, “somos criticados”.

“Nosso empenho é grande, é enorme no combate aos focos de incêndio e ao desmatamento. Os senhores [presidentes] podem ver: em julho deste ano, levando-se em conta julho do ano passado, nós registramos uma diminuição de 28% no desmatamento ou queimadas na região. Mas, mesmo assim, somos criticados”, afirmou.

O presidente acrescentou: “O Brasil é uma potência no agronegócio. Ameaças existem em cima de nós o tempo todo. E, lamentavelmente, alguns poucos brasileiros trabalham contra nós nesta questão. A nossa política é de tolerância zero. Não só para o crime comum, bem como para a questão ambiental”.

Dados do Inpe (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais) apontam que os alertas de desmatamento na Amazônia saltaram 34% em 1 ano. O sistema Deter (Detecção de Desmatamento em Tempo real) indicou que 9.205 km² foram desmatados de 1º de agosto de 2019 a 31 de julho de 2020, com 45.000 alertas de desmatamento. É o maior número da série histórica, que teve início em 2015.

Related Articles