Blog do Jairo Mendes

Apontando desprezo dentro do PSL, Edson Tavares deixa presidência mas não descarta prefeitura em 2020

O empresário Edson Tavares disse ontem à 105,7 Manchester News FM que deixou a presidência do PSL, mas que continua filiado ao partido. Tavares, inclusive, admitiu concorrer ao cargo de prefeito na eleição de 2020. A decisão de entregar a presidência da comissória provisória de Anápolis decorreu da falta de apoio aos integrantes locais da agremiação.

Quando da vinda do presidente Jair Bolsonaro, a Anápolis, em agosto passado, Edson Tavares disse que os membros do partido não tiveram qualquer oportunidade de aproximação ao presidente da República. Ele entende que esse contato seria importante, considerando o quanto eles trabalharam em Anápolis pela vitória de Bolsonaro nos dois turnos da eleição presidencial de 2018.

Outro fator de insatisfação é com a ausência de membros do PSL na equipe de Ronaldo Caiado.Tavares relembrou que alguns dos grandes eventos eleitorais, em Anápolis, na eleição passada, foram planejados e executados pelo PSL.

Por: Jairo Mendes

Edição: Marcus Vinicius Isaac

Related Articles

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *