Manchete

Anápolis recebe Centro de Atendimento Socioeducativo

Marconi Perillo e  José Eliton inauguraram o Centro de Atendimento Socioeducativo (CASE) de Anápolis, criado com o objetivo de reeducar menores infratores (80 vagas), com alojamento individual, quadra coberta, campo de futebol society, auditório e galpão industrial, investimento de R$ 13,5 milhões do Tesouro Estadual.

Marconi agradeceu a toda a magistratura goiana, citando o juiz Carlos Limongi, coordenador do Juizado da Infância e Juventude da comarca de Anápolis, pelo apoio para que o Case se tornasse realidade, “pela agilidade no andamento dos processos burocráticos”, e também aos parlamentares presentes pelo apoio “na aprovação de projetos do Executivo” que contribuíram para o corte de despesas e incremento da receita.

A estrutura física é considerada ideal para promover a reinserção social de crianças e adolescentes que se envolveram com o crime. tem área de 6.242 mil m² e foi construído com recursos do Tesouro Estadual, no valor de R$ 13,5 milhões. “O governador José Eliton esteve comigo em todas as ações e é ele que vai dar continuidade a esse trabalho social que estamos realizando”, garantiu o governador Marconi Perillo, na inauguração do CASE, em Anápolis.

O juiz Carlos Limongi relatou que o Case de Anápolis é o espaço adequado para que “possamos efetivamente recuperar esses adolescentes. Se não acreditasse nisso, eu não estaria na Vara da Infância e Juventude há 20 anos. Esse ambiente traz dignidade para o cumprimento das medidas socioeducativas”, frisou. O Governo de Goiás executa diversas obras de caráter social em diferentes regiões do Estado. Além de Anápolis, a Agetop trabalha na construção de outros cinco Cases no interior goiano.

Related Articles

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *