Gente

Mãe do ator Jorge Fernando é avisada da morte do filho: ‘Estamos dilacerados’

A mãe de Jorge Fernando, Hilda Rebello, finalmente soube a morte de seu filho, que morreu na noite do último domingo (27) vítima de uma parada cardíaca. De acordo com o Extra, a notícia foi dada pela sobrinha de Jorge, Maria Carol, que conversou com o periódico carioca.

“Eu e minha mãe contamos para a vovó (a atriz Hilda Rebello) pela manhã. João, meu irmão, está vindo de Portugal para dar apoio. Está muito difícil. Estamos dilacerados”, desabafou ela, que viveu Diana em “Verão 90”.

Hilda sonhava em ser atriz desde pequena, mas com 18 anos, ela apanhou do pai, que a obrigou a largar seus sonhos. Com 64 anos de idade, ela finalmente conseguiu realizá-los, pelas mãos do Tablado, famosa escola de teatro do Rio de Janeiro, e de seu filho, Jorge Fernando. Jorge era muito próximo da mãe, e sempre a guiou em sua vontade de ser intérprete, a escalando para papéis em diversas de suas novelas.

Dona Hilda foi dirigida pelo filho em trabalhos como Que Rei Sou Eu (1989), Rainha da Sucata (1990), A Próxima Vítima (1995), Chocolate com Pimenta (2003), Alma Gêmea (2005), Tititi (2010) e Guerra dos Sexos (2012). Neste último, inclusive, mãe e filho dividiram um momento na telinha. O último trabalho de Hilda na TV foi em Haja Coração (2016).

Jorginho entre a atriz Maria Carol, a diretora Ana Paula Guimarães e dona Hilda
(Foto: Guerra dos Sexos/TV Globo)

Jorge Fernando era só chamego com a mãe
(Foto: Guerra dos Sexos / TV Globo)

Jorge Fernando estava internado no hospital Copa Star, em Copacabana. Conforme informações de um amigo da família do artista, ele deu entrada no hospital na parte da tarde após se sentir mal. Em nota oficial, o hospital afirmou que a parada cardíaca sofrida por Jorge Fernando se deu por conta de uma dissecção de aorta completa e que, apesar dos esforços, não foi possível reverter o quadro.

Jorginho, como era conhecido entre amigos e colegas de profissão, ficou 20 dias internado para tratar uma inflamação no pâncreas, em 2016, e sofreu um acidente vascular cerebral em janeiro de 2017. Desde então, lutava para superar as sequelas que ficaram após o AVC.

O velório do ator e diretor Jorge Fernando foi marcado para esta terça-feira (29), no Teatro Leblon, no Rio de Janeiro, na sala Marília Pêra. A despedida é aberta ao público das 8h às 10h, e, das 10h às 12h, apenas para amigos e familiares.

O último trabalho de Jorge Fernando foi como diretor da novela Verão 90, da TV Globo, que chegou ao fim em julho. Mas ele atuou e dirigiu várias obras marcantes na emissora e também teve diversos papéis no Teatro de Revista.

Jorge Fernando dirigiu a novela Verão 90
(Foto: Paulo Belote/TV Globo)

Irreverente e em plena atividade, ele planejava voltar com o espetáculo Boom em 2020. “O AVC fez com que a valorização que eu sempre tive da vida se fortalecesse ainda mais. Ao acordar, agradeço sempre pelo meu dia. Esse exercício de agradecer por estar vivo, de gratidão pelas coisas boas, o AVC deixou mais forte em mim”, disse, em entrevista coletiva recente, antes do lançamento da novela.

Diversos artistas e amigos do diretor lamentaram a perda. Glória Perez disse que vai sentir falta do amigo: “Mais um amigo querido indo embora tão cedo! você vai fazer tanta falta, Jorginho, com sua alegria, seu entusiasmo, seu talento… Sem palavras aqui!”.

O cantor Mumuzinho também escreveu sobre Jorge Fernando: “Impossível não se comover e lamentar que um sorriso desses partiu tão cedo, mas o seu legado de alegria é grande. Aos familiares e amigos, meus sentimentos e amor nesse dia tão difícil, e que consigam transformar esse sentimento em uma saudade digna da alegria que o Jorge Fernando tinha”, escreveu.

Marcelo Adnet também escreveu uma mensagem nas redes: “Que pena a partida precoce do grande Jorge Fernando. Boom! Lembrarei dele pela simpatia e sua grande energia sempre! Muito carinho e força à Dona Hilda Rabello”.

Jorginho nasceu em março de 1955 e começou sua carreira como ator na série de TV chamada Ciranda, Cirandinha, em 1978. Após anos de experiência, foi um dos mais renomados diretores da TV Globo, sendo responsável por várias obras de sucesso na emissora.

Atualmente, após dirigir inúmeras novelas – como Rainha da Sucata e Chocolate com Pimenta, por exemplo – Jorge Fernando era diretor de núcleo da Rede Globo. Nos anos 80, se destacou por seus trabalhos através de novelas que marcaram época.

O diretor também foi responsável, por alguns períodos, por cuidar de nomes da TV como Angélica e Xuxa. Ele também dirigiu, por um ano, o humorístico Sai de Baixo. Como ator, participou de várias obras, com destaque para Vamp, nos anos 1990.

Outro sucesso marcante foi Guerra dos Sexos (1983), principalmente pela cena antológica em que Fernanda Montenegro e Paulo Autran tomam café da manhã. Jorge Fernando foi premiado Associação Paulista de Críticos de Arte como o melhor diretor, em 1983, ao lado de Guel Arraes, pela novela.

Related Articles