Últimas Notícias

Emedebistas reagem contra Vanderlan e questionam ‘palavra’ do senador a Ronaldo Caiado

Enquanto Daniel Vilela opta por manter silêncio, emedebistas reagiram fortemente nos bastidores contra questionamentos à presença do presidente regional do MDB na pré-candidatura a vice-governador, ao lado do governador Ronaldo Caiado (DEM). Principalmente diante das declarações de Vanderlan Cardoso (PSD), nesta segunda-feira (6), em entrevista à Sagres. Para pessoas próximas a Daniel, o senador confirma falta de palavra, depois da promessa de “apoio incondicional” a Caiado no momento da retomada da aliança entre os dois na campanha municipal de 2020.

Na entrevista, Vanderlan fez coro às críticas e sugestão de troca de Daniel pela filha de Iris Rezende, Ana Paula Rezende, mas foi além. Disse com todas as letras que “o óleo já está bem quente, só falta fritar” e que “Daniel não vai se firmar como pré-candidato a vice”. Mais do que sua posição pessoal, Vanderlan aponta que as reações contra Daniel não são restritas e que passarão a ser ainda mais comuns entre caiadistas nos próximos meses, depois das falas do ex-prefeito de Goianésia, Renato de Castro (DEM), à Rádio Alvorada, na última semana.

 

Diante disso, liderança emedebista ouvida pela Coluna questiona: “Vanderlan não prometeu e repetiu que iria apoiar o Caiado em qualquer cenário na reeleição em 2022? Tudo depois de gratidão por conta do apoio recebido pelo governador na eleição em 2020. Agora parece que coloca condições para continuar na base. Isso só mostra o que já se sabe: Vanderlan não tem palavra”, aponta. Aliados de Daniel Vilela retomam, inclusive, as divergências com o senador durante a campanha municipal no ano passado, em Goiânia, quando disputou contra Maguito Vilela.

Por Rubens Salomão/Agência de Notícias/Sagres/

Related Articles