Anápolis

Anápolis: Estudantes municipais recebem prêmios por redações

A Campanha Nacional de Combate à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, que teve a adesão da Secretaria Municipal de Educação, foi o ponto de partido do Concurso de Redação do novo Portal da Educação, uma das ações implantadas para fortalecer o vínculo entre estudantes e comunidade escolar. A proposta era estimular os alunos a refletirem sobre o tema e, também, manter a rede de ensino atenta a possíveis casos de violência doméstica durante a pandemia – importante papel da Educação enquanto entidade que teve sua ligação com rotina das famílias prejudicada pelo isolamento social.
O concurso teve inscrições feitas por meios digitais, em plataforma desenvolvida dentro do Portal especialmente para a ocasião. Os alunos enviaram suas produções até o dia 22 de junho e foram premiados os três primeiros colocados nesta quinta-feira, 25, segundo critérios de avaliação pré-definidos como domínio da escrita formal, compreensão do tema escolhido e elaboração de proposta de intervenção respeitando direitos humanos. A avaliação, assim como o desenvolvimento da plataforma, foi feita pelos departamentos pedagógico e de desenvolvimento de sistemas da Diretoria de Planejamento, Controle, Tecnologia e Inovação.
A primeira colocada, Maria Clara Alves Guerra, chegou acompanhada da gestora de sua unidade e agradeceu a equipe pelo suporte obtido. “Não teria conseguido sem a ajuda da minha professora e sem a escola, que me concedeu a oportunidade”, disse Maria Clara. A estudante, que faz parte da Escola Municipal João Luiz de Oliveira e está cursando o 9º ano, participou do concurso por incentivo da equipe gestora.
Maysa Canuto Fernandes, aluna do 8º ano da Escola Municipal Jerônimo Vaz, foi presenteada com um kit literário contendo mais de 30 livros, e declarou que a motivação para participar do concurso foi a paixão pela escrita, que obteve através da leitura. “Sempre gostei muito do mundo dos livros, que pode te levar para um lugar totalmente fictício ou te trazer à realidade”, relatou Maysa. A estudante também chamou a atenção para a importância da reflexão em torno do combate à violência sexual. “Precisamos colocar isso em foco. Acho muito importante a gente trazer isso todos os anos”, sugeriu a premiada.
A secretária municipal de educação, Sonja Maria Lacerda, que recebeu, separadamente, os três estudantes vitoriosos em seu gabinete para entrega dos prêmios, ressaltou a importância do hábito de leitura. “Deve ser um excelente leitor e, por isso, um excelente escritor”, disse Sonja a Luan Christian da Silva Coelho, que ficou em segundo lugar na competição. A secretária aproveitou, também, para incentivar os candidatos. “Não parem por aqui. Diante de tantas boas redações, em uma rede que conta com 36 mil alunos, vocês estão aqui hoje porque são, realmente, um ponto fora da curva”, parabenizou.

Related Articles

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *