Últimas Notícias

Vereadores de Goiânia suspendem sessões presenciais na Câmara

Presidente definiu novo trabalho remoto após manifestação de parlamentares

Câmara Municipal de Goiânia suspendeu as sessões presenciais que estavam marcadas para esta quarta e quinta-feiras, dias 13 e 14 de maio. A justificativa é a a necessidade de enrijecimento do isolamento social para prevenção da proliferação do novo coronavírus.

Circular assinada pelo presidente da Câmara, Romário Policarpo (Patriota), destaca que Goiás ocupava a liderança nacional no isolamento social, mas caiu de forma considerável, para última colocação no ranking preparado pela empresa de georreferenciamento In Loco.

Ele também expôs preocupação quanto à elevação de casos confirmados . Romário Policarpo ressaltou na circular que a sessão ordinária do próximo dia 19 está sujeita à convocação. A Câmara mantém em funcionamento as atividades administrativas.

O documento foi editado após uma série de reclamações de vereadores na sessão desta terça (12), que culminou na votação e derrubada do decreto legislativo e que, por sua vez, provoca a manutenção da suspensão de contratos temporários da Prefeitura.

Logo na abertura dos trabalhos, parlamentares usaram a palavra e pediram ao presidente Romário Policarpo a realização de sessões remotas, que já chegaram a ser adotadas anteriormente em razão da pandemia.

Comissões como a de Constituição, Justiça e Redação (CCJ), têm adotado o mecanismo eletrônico para deliberação de assuntos legislativos.

Com /MGoiás/Edição Goiás em Tempo/

Related Articles