Últimas Notícias

Janaina diz que Glenn “sabia que as ações ilícitas estavam em curso”

Janaina Paschoal, no Twitter, publicou uma série de mensagens em que comenta a denúncia do MPF contra Glenn Greenwald no caso dos hackers que atacaram a Lava Jato.

“Quando o jornalista denunciado adotou o procedimento de lançar o material (que dizia bombástico) aos poucos, eu achei muito estranho. Esse ‘modus operandi’, a meu ver, não coincidia com jornalismo. Se havia um material, ele deveria ser logo noticiado”, escreveu Janaina.

“Ontem, ao ler a tão atacada denúncia, chamou minha atenção o fato de um dos integrantes da organização telefonar para o jornalista, para indagar como proceder, relativamente ao material que estava sendo acessado. Pelo diálogo, ficou bem evidente que o executor seguia ordens.”

E mais:

“Nesse mesmo diálogo, o jornalista passa orientações para fazer parecer que todo o material foi entregue de uma única vez, aponta o que deve ser baixado, o que deve ser apagado. O diálogo não só deixa evidente que o contato ocorreu durante todos os acessos indevidos… O diálogo deixa evidente que o jornalista sabia que o procedimento ético exigia publicar material recebido na íntegra. Na linguagem técnico-jurídica, essa consciência sugere o dolo na atuação. Ficou bastante claro que o jornalista sabia que as ações ilícitas estavam em curso e ficou bem claro que ele sabia que estava agindo de maneira inadequada, pois tomou o cuidado de criar um cenário para fazer crer ter recebido o material de uma única vez.

Janaina Paschoal

@JanainaDoBrasil

Amados, quando o jornalista denunciado adotou o procedimento de lançar o material (que dizia bombástico) aos poucos, eu achei muito estranho. Esse “modus operandi”, a meu ver, não coincidia com jornalismo. Se havia um material, ele deveria ser logo noticiado.

Janaina Paschoal

@JanainaDoBrasil

Ontem, ao ler a tão atacada denúncia, chamou minha atenção o fato de um dos integrantes da organização telefonar para o jornalista, para indagar como proceder, relativamente ao material que estava sendo acessado. Pelo diálogo, ficou bem evidente que o executor seguia ordens.

Janaina Paschoal

@JanainaDoBrasil

Nesse mesmo diálogo, o jornalista passa orientações para fazer parecer que todo o material foi entregue de uma únicia vez, aponta o que deve ser baixado, o que deve ser apagado. O diálogo não só deixa evidente que o contato ocorreu durante todos os acessos indevidos…

Janaina Paschoal

@JanainaDoBrasil

o diálogo deixa evidente que o jornalista sabia que o procedimento ético exigia publicar material recebido na íntegra. Na linguagem técnico-jurídica, essa consciência sugere o dolo na atuação.

Related Articles