JustiçaÚltimas Notícias

Venâncio Júnior é solto por Gilmar Mendes

Empresário brasiliense é acusado pelo Ministério Público de Santa Catarina de desviar verba da Secretaria de Saneamento Básico de Navegantes

O ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF), decidiu soltar Antônio Venância Silva Júnior. O empresário brasiliense havia sido preso temporariamente durante a Operação Falta D’água, realizada em Santa Catarina.

A ação investiga suposta participação de Venâncio Júnior em uma organização criminosa que desviava recursos públicos da Secretaria de Saneamento Básico de Navegantes (Sesan-SC) em benefício de agentes públicos, empresas e empresários.

A decisão do ministro foi publicada na última sexta-feira (14/06/2019), um dia após o investigado ser preso. No texto, Gilmar Mendes aceita os argumentos dos advogados de Venâncio Júnior.

“Ante o exposto, com base no artigo 21, V, do Regimento Interno do STF, defiro o pedido liminar para determinar a imediata suspensão do decreto de prisão temporária expedido pelo juiz de direito da Vara Criminal da Comarca de Navegantes (SC) com a soltura imediata de Antônio Venâncio Silva Júnior”, anotou o ministro.

Related Articles

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *