Esporte

França manipulou sorteio da Copa de 98 para evitar Brasil, revela Platini

Existe aquela famosa crença sobre a Copa de 1998 ter sido comprada, e ela continua não sendo verdade, mas algo de errado realmente aconteceu antes do evento. Ex-jogador francês da década de 1980 e presidente da Uefa de 2007 a 2015, Michel Platini diz que fez “uma pequena manobra” para tirar o Brasil do caminho da sua França antes de uma possível final.

Os organizadores da Copado Mundo de 1998, na França, manipularam o sorteio das chaves para evitar que o Brasil  cruzasse com o time da casa antes da grande final. Quem faz a revelação é o próprio presidente do Comitê Organizador, o ex-cartolas Michel Platini. Em uma entrevista a uma rádio francesa  que vai ao ar no próximo domingo, o francês admitiu que manipulou o processo de escolha das chaves.

“Quando organizamos o calendário, fizemos um pequeno esquema“, disse Platini, em entrevista para a rádio France Bleu. “Se terminássemos primeiro do grupo e se o Brasil terminasse primeiro, apenas nos encontraríamos na final”, disse. “Não tivemos problemas por seis anos para organizar a Copa do Mundo para, depois, organizar uma pequena manobra“, comentou.

Como atual campeão, o Brasil já estava classificado para a Copa de 1998, assim como a França. Antes do sorteio, quando apenas as duas equipes estavam definidas, a Fifa, sob comando de Sepp Blatter, determinou que o Brasil ficasse como cabeça-de-chave do grupo A e a França, do grupo C. Dessa forma, os primeiros colocados desses grupos só se encontrariam na final.

“Você acha que os outros não fazem o mesmo por suas Copas? É uma brincadeira?”, disse. “Brasil e França na final era o que todos sonhavam”, completou, sem explicar como ocorreu a manipulação.

Como atual campeão, o Brasil já estava classificado para a Copa de 1998, assim como a França. Antes do sorteio, quando apenas as duas equipes estavam definidas, a Fifa, sob comando de Sepp Blatter, determinou que o Brasil ficasse como cabeça-de-chave do grupo A e a França, do grupo C. Dessa forma, os primeiros colocados desses grupos só se encontrariam na final.

Na época, o sorteio foi realizado pelo então secretário-geral da Fifa, Joseph Blatter. A entidade era comandada pelo brasileiro João Havelange.

O arranjo acabou funcionando para os franceses. Brasil e França acabaram chegando à grande final e a França venceu por 3×0. Aquele foi o único título da história da França.

Essa não é a primeira vez que a manipulação de sorteios é mencionada. Blatter, numa recente entrevista, também insistiu que sabia de ocasiões em que bolas frias eram colocadas para permitir que a pessoa que as retirasse pudessem identificar quem deveriam selecionar. Ele, porém, insistiu que isso “jamais ocorreu” sob seu comando na Fifa.

Agência Estado
18/05/18 – 09h04

Resultado de imagem para brasil copa 98

Jogadores do Brasil após derrota na final para a França na Copa de 1998.

Related Articles