GoiásPolícia

Ex-governador Zé Éliton é alvo de operação Policial em Goiás

O ex-governador de Goiás José Eliton é um dos alvos da Operação Terra Fraca, deflagrada nesta terça-feira (15) pela Delegacia Estadual de Combate à Corrupção (Deccor). A operação apura desvio de recursos públicos da Goinfra (antiga Agetop) com envolvimento de empresas privadas, servidores da Agetop e também do núcleo político e financeiro que gerenciava os contratos da agência, garantindo tanto os pagamentos, quanto a operacionalização de lavagem de dinheiro.

Foram realizados 12 mandados de buscas sendo que a casa e o escritório do ex-governador foram visitadas. Segundo informações, um computador e um celular de José Eliton foram apreendidos. A equipe de reportagem tentou contato com o político, mas a assessoria informou que ele permanecerá em silêncio até que os acontecimentos estejam mais claros.

Jayme Rincon, ex-presidente do órgão, também é alvo da operação. No total, são investigadas 7 pessoas físicas e 7 pessoas jurídicas investigadas. Os mandados foram cumpridos contra 10 alvos em Goiás e 2 no Tocantins.

Vice-governador de GO, José Eliton está na UTI em estado regular | Goiás |  G1

Ex-Governador de Goiás Zé éliton

O delegado Luiz Gonzaga Júnior explicou que a investigação ocorre em função de um contrato que visava a construção e pavimentação da rodovia GO-230, que liga Água Fria a Mimoso. “São diversos subterfúgios para desvio de recursos públicos, como superfaturamento da obra, descaracterização do objeto licitado e, também a subcontratação de uma empresa que não participou da licitação”.

Dois núcleos foram identificados, um financeiro e um político, que se misturam. “Esses dois núcleos garantiram a gestão e manutenção desse contrato. Garantiam pagamentos indevidos através de medições irregulares da obra e, também, giravam o dinheiro obtido de maneira ilícita de forma a transmutar esse dinheiro em caráter lícito. Essa é a figura que a gente enquadra como lavagem de capitais”, detalhou o delegado.

Related Articles