AnápolisPolícia

Rapaz morre após ter corpo incendiado, em Anápolis

Segundo o delegado, há uma suspeita de que a vítima tenha sido esfaqueada e, depois, carbonizada na tentativa de ocultar provas do crime

Após ter o corpo incendiado em uma rua de Anápolis, o jovem Frederico Campelo de Jesus, de 29 anos, não resistiu aos ferimentos e faleceu. De acordo com o delegado Vander Coelho, existe uma suspeita de que a vítima tenha sido esfaqueada e, depois, carbonizada na tentativa de ocultar provas do crime.

Segundo o delegado, a linha de investigação só poderá ser confirmada a partir do laudo cadavérico.

“A gente acredita que possa ter ocorrido uma tentativa de homicídio e, posteriormente, tentaram incendiar o corpo para eliminar alguma prova, mas ainda não há nada confirmado, nem o que teria motivado. Estamos investigando”, afirma.

O crime aconteceu na segunda-feira (27). A vítima foi socorrida pelo Corpo de Bombeiros e encaminhada ao Hospital Estadual de Urgências de Anápolis Dr. Henrique Santillo (Huana), onde faleceu na noite seguinte.

De acordo com o hospital, o paciente deu entrada com queimaduras e traumatismo craniano, em estado grave.

Segundo o delegado, o caso foi inicialmente registrado como agressão, mas, com a morte do jovem, passa a ser considerado como homicídio. Vander Coelho informou que as investigações estão no início e que ainda não há muitos detalhes sobre o crime.

Tags

Related Articles

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *