Gente

MP de Goiás pede prisão preventiva de João de Deus

De acordo com informações do Antagonista, a força-tarefa do Ministério Público de Goiás que investiga as denúncias de abuso sexual cometidas pelo médium João de Deus pediu a prisão do religioso. O pedido, feito há alguns minutos, foi protocolado no fórum de Abadiânia. O processo irá correr em segredo de Justiça. A notícia é assinada por Athos Moura.

João é alvo de reiteradas denúncias de abuso sexual. Mais cedo, se disse inocente, numa rápida aparição pública em Abadiânia.

Related Articles

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *