Política

Defesa de Lula recorre contra proibição de deixar o país

BRASÍLIA — A defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva pediu, nesta sexta-feira, para o Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF-1) suspender a decisão que proibiu o petista de deixar o país, tomada na quinta-feira pelo juiz substituto Ricardo Leite, da 10ª Vara Federal de Brasília. Os advogados de Lula pediram para o passaporte dele ser devolvido, e para o nome do petista ser retirado do Sistema de Procurados e Impedidos.

No pedido de habeas corpus, os advogados fazem referência ao evento que o petista pretendia participar na Etiópia, nesta sábado, para dizer que uma suspensão da medida contribuiria com a “causa humanitária de se combater a subnutrição e a fome de milhões de crianças espalhadas pelo globo.” Eles dizem que o magistrado “extrapolou sua competência funcional” ao tomar uma decisão “sem qualquer fundamento em fatos concretos”.

A proibição foi determinada atendendo a um pedido do Ministério Público Federal (MPF), que argumentou que havia risco de fuga, proque Lula responde a diversas ações penais e acaba de ter uma condenação em segunda instância.

Related Articles